terça-feira, 25 de agosto de 2009

Discoteca dos Brother - Os Skywalkers

Alright, talvez o título não seja muito bom, mas a banda é. Isso eu lhes garanto.

O som d´Os Skywalkers é uma mistura de diversas influências musicais que vão da tropicália ao rock de garagem. Proveniente da Vila Rica, Zona Leste de São Paulo, a banda existe desde 1997. Após algumas fitas demo lançadas e uma apresentação no programa Lado B da MTV em 1999, os Skywalkers abriram uma matéria de capa da revista Época (31/07/2000), intitulada “O Som das Garagens". Essa reportagem comentava a proliferação de bandas independentes no Brasil. O trio também participou da coletânea “Brazilian Pebbles” lançada pela Baratos Afins em 2000. (Parágrafo plageado do site tramavitual, onde você poe encotrar os CDs da banda).



Os Skywalkers é uma singela banda paulistana que creio eu, ainda é pouco conhecida no cenário nacional. O que é de fato uma pena, porque os caras são realmente muito bons. A banda lançou seu primeiro albúm, "Correndo Atrás do Perigo", em 2002 pela Baratos Afins com um som recheado de guitarras FUZZ PSICODÉLICAS (segundo o próprio myspace da mesma) e revelando um incrível guitarrista. A banda resgata o psicodélico nacional, tem um som muito peculiar, e uma influência sessentista notável. Aliás, é difícil escutrar Os Skywaslkers sem compará-los a "Os Mutantes".


No início de 2005 eles lançam seu segundo albúm, entitulado "zenmakumba" ainda seguindo um som psicodélico, mas desta vez ainda mais rico com a adição de percussão, sax, e trompete. Além do som extremamente agradável as letras não deixam por menos, e como já foi comentador por aqui, considerando o incrível índice de músicos que morreram aos 27 anos e sobre os quais será feito um post em breve, brindo-vos com um video da música "27 ou quem quer ser Kurt Cobain"






E lembrem-se crianças: "O PODER É DE VOCÊS"

5 comentários:

  1. alright... som bom msmo...

    vou colocar no sysrad JÁ!

    ResponderExcluir
  2. Uowwwwww fui eu que mostrei para o Gabe em uma de nossas bebedeiras D:

    Cores de domingo, óia só que lindo.
    Subi no telhado, marrom vermelho.
    Para ficar relembrando.
    Teu olho negro.
    Teu riso claro.

    ResponderExcluir
  3. Engraçado que justamente ontem eu o Gabriel passamos por um caminho misterioso que o fez lembrar do dia em que você mostrou isso pra ele, Puff. O que é no mínimo, coicidente, mas nem tanto, afinal, né. [que??]

    ResponderExcluir
  4. Interessante, agora fiquei curiosa, vou ter que escutar!

    ResponderExcluir